Curitiba 2015

GayLatino foi criado no primeiro encontro que teve lugar nos dias 18 a 20 de dezembro de 2015 em Curitiba (Brasil) com a presença de mais de 60 ativistas de países como Argentina, Bolívia, Brasil, Chile, Colômbia, Estados Unidos, Guatemala, México, Nicaragua, Paraguai, Peru e Uruguai.

No primeiro encontro também estiveram presentes:

Igo Martins, assessor de Direitos Humanos e Igualdade Racial da Prefeitura de Curitiba.

Gil Casimiro, do Departamento de Infecções Sexual mente Transmissíveis, AIDS e Hepatites Virais do Ministerio de Saúde do Brasil.

Jorge Saavedra, embaixador global de AHF.

Javier Arellano, assessor regional de ONUSIDA LAC.

Durante três dias conversamos sobre temas relevantes para o ativismo pelos direitos dos gays latinos:

“Situação dos direitos humanos de varões gays, bissexuais e outros HSH latinos: Avanços e Retrocessos” por Javier Arellano, assessor regional de ONUSIDA LAC.

“​Custos da homofobia e do HIV na América Latina, Informe MEGAS (medição de gasto en AIDS)” José Antonio Izazola, ​chefe de Divisão, Avaliação e Economia de ONUSIDA.

“​Situação dos direitos humanos de varões gays, bissexuais em relação ao acesso à saúde” pelo Dr. Rafael Mazin ​da OPS.

​” Situação da epidemia do HIV no Brasil” pelo Dr. Gil Casimiro.

“Experiências de trabalho de resposta ao HIV e diversidade sexual” ​por Francisco Do Santos, da Secretaria de Saúde do Estado de Paraná​, ​Andrey Lemos da ​UNA LGBT de Brasil​, Igo Martin, Jorge Saavedra y Javier Arellano.

“Experiências de ativistas gays em partidos políticos da região e no mundo.

De onde viemos, que fizemos, para onde vamos?”​ por Esteban Paulón, vice-presidente da Federação Argentina LGBT (FALGBT)​,​ Pablo Fracchia da​ Direção Nacional de DDHH ​do ​Ministério de Segurança da Argentina​, ​Andrés Scagliola, ​da ​Intendência de Montevidéu​, ​Gustavo Pecoraro​, comunicador e ativista independente e ​Andrey Lemos.

“​Boas práticas de Governança em Organizações Gays da Sociedade Civil”​, Rubén Mayorga​, ​ asesor principal en Gobernanza de ONUSIDA Ginebra.

“Para que estamos aqui e por que é necessária uma rede de homens gays em LAC?" por ​Simón Cazal​, ​Carlos García De León do MSMGF (México) y Jorge Saavedra​.

​”Apresentação de experiências bem-sucedidas a nível comunitário para a construção de redes. Experiência bem-sucedida em Curitiba: ‘A Hora É Agora’​, com a participação da ​Dra. Raquel Miranda do ​CDC Brasil​, ​Beto De Jesús​ de ​ILGA World​y​ Esteban Paulón.

“Antecedentes das masculinidades: diversidade e multiculturalismo” por André Mere e Ronald Céspedes

"Uma conceição afetiva do ativismo" por Gustavo Pecoraro

“​A resposta regional ante o HIV, os objetivos 90-90-90 e desafíos regionais ​” por Javier Arellano

“O Fundo Global e os varões gay na região” por Sergio López ​e ​Jorge Saavedra​, ambos ​delegados de América Latina e o Caribe perante a Junta do Fundo Mundial​.